SerginFoto: Jonathas Costa / OAho passou o comando da prefeitura para Appolo na tarde deste domingo | Foto: Jonathas Costa / OA

A posse de prefeito eleito Appolo (PMDB) foi marcada pelo clima de cordialidade entre ele o prefeito Professor Serginho (PT). A cerimônia ocorreu na tarde deste domingo  (1º) no plenário da Câmara de Vereadores de Alvorada.

Apenas convidados puderam participar da cerimônia. Em frente à prefeitura, no largo Leonel Brizola, um telão foi instalado para a transmissão da cerimônia. Um público de cerca de 300 pessoas acompanhou o ato, que durou mais de duas horas.

Antes de Appolo assumir oficialmente, a sessão solene foi aberta pelo vereador Cristiano Schumacher (PT), que presidiu os trabalhos porque foi o candidato a vereador mais votado no pleito de outubro.

Schumacher fez o juramento com a mão sob a Constituição Federal. Depois, um a um, os vereadores foram chamados para confirmar o juramento. Após o ato, que também foi repetido por Appolo e seu vice, Valter Slayfer (PDT), cada vereador empossado pode discursar por três minutos.

Entre agradecimentos aos amigos e familiares, os vereadores também manifestaram sucesso ao novo prefeito e garantiram apoio para projetos que considerarem serem bons para a cidade.

Serginho também usou o microfone e fez um rápido balanço da sua gestão. Segundo ele, os desafios financeiros impuseram limites para as ações de seu governo. “Muitas vezes deixei de tapar buracos nas ruas para poder pagar em dia os funcionários”, falou. Ele garantiu que o clima durante a transição foi democrático e amistoso e citou o exemplo do dinheiro conseguido com a venda da folha de pagamento, que acabou ficando para a primeira semana do governo de Appolo.

Ao ser empossado, Appolo agradeceu o apoio dos grupos evangélicos e umbandistas e garantiu que vai governar para quem mais precisa. “Na campanha não sobrou tempo para fazer uma caminhada pela avenida principal, isso porque eu estava nas vilas.”

Depois do discurso, o agora prefeito desceu as escadarias ao lado da mulher e das duas filhas. O ex-prefeito Serginho e a ex-primeira dama Maria Zoretti também acompanharam o grupo. Na praça, sob gritos e aplausos da público, Appolo e Serginho subiram as escadarias da Prefeitura. Dentro do prédio um músico tocava saxofone.

Eles se dirigiram até o Salão Nobre onde Appolo e Serginho fizeram o ato de transição. Assinado os documentos, Serginho e a mulher foram levados pelo prefeito e a primeira-dama até a porta da Prefeitura.

Ao voltar para o Salão Nobre, Appolo deu posse aos secretários. Terminado o ato, o prefeito se dirigiu para o gabinete onde recebeu várias pessoas.

Fonte: O Alvoradense