Prefeito José Fortunati e Diretor do DEP, Tarso Boelter acreditam na hipótese de sabotagem | Foto: Cirtiane Rochol / PMPA / Especial / OA
Prefeito José Fortunati e Diretor do DEP, Tarso Boelter acreditam na hipótese de sabotagem | Foto: Cristiane Rochol / PMPA / Especial / OA

O Prefeito de Porto Alegre acredita que o  rompimento do dique que alagou cerca de 700 casas do bairro Sarandi, zona Norte de Porto Alegre no sábado (31) foi causado por sabotagem.

A declaração foi feita durante entrevista dada à rádio Gaúcha, na manhã desta segunda-feira (02). 

Segundo afirmação do prefeito da Capital, há marcas de pegadas e movimentação recente na região, como corte de árvores, ao lado que corresponde à cidade de Alvorada.

Sob o aconselhamento de Fortunati o diretor do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP), Tarso Boelter registou uma boletim de ocorrência na Policia Civil para investigar se o rompimento do dique ocorreu de forma proposital.

Segundo a Prefeitura de Porto Alegre há dois anos uma tentativa de sabotagem tentou romper o mesmo dique. As suspeitas são reforçadas pelas condições do terreno. “Até mesmo por fotos, fica muito claro que muita gente passou por lá, em algum momento, de forma recente”, afirmou Fortunati.

A Policia Civil investiga o caso.

Fonte: O Alvoradense