No domingo, ruas ficaram cobertas pela sujeira | Foto: Bruna Cabrera / OA

Passada a eleição a secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSU) intensificou os trabalhos de recolhimento dos restos da propaganda eleitoral das ruas de Alvorada. Desde segunda-feira cinco equipes de limpeza trabalham recolhendo banners, cavaletes, faixas e santinhos, que ficaram espalhados pelas ruas, escolas, prédios públicos e praças da cidade.

Na segunda-feira a limpeza priorizou a entrada do município indo até o Corpo de Bombeiros. Nesta terça as equipes começaram a retirar o entulho nas escolas e na Praça da Americana. Segundo a prefeitura, os trabalhos devem prosseguir nos próximos dias.

O material recolhido está sendo ensacado ou colocado em contêineres para ser levado pelos caminhões da SMSU até o Aterro Sanitário. Conforme o titular da pasta, Sérgio Roberto Coutinho dos Santos, a previsão é de que cinco toneladas de entulho eleitoral sejam recolhidos.

Crime

A veiculação de propaganda eleitoral por meio impresso só é permitida até às 22h do dia anterior à votação. Mesmo assim, muitos cabos eleitorais acabam sujando a cidade durante a madrugada na tentativa de influenciar o voto do eleitor que ainda não tem candidato. Mas a propaganda em vias e logradouros público é ilegal e a pessoa responsável poderá pagar uma multa entre R$ 2 mil e R$ 8 mil.

Ainda assim, a caracterização de crime eleitoral não foi suficiente para inibir a ação dos militantes.

Fonte: O Alvoradense