Prédio da Smov foi invadido durante a madrugada na tentativa de arrombar caixa eletrônico | Foto: Jonathas Costa / OA
Prédio da Smov foi invadido durante a madrugada na tentativa de arrombar caixa eletrônico | Foto: Jonathas Costa / OA

A Coordenadoria de Comunicação Social (CCS) da prefeitura informou nesta quarta-feira que o governo municipal estuda a possibilidade de descentralizar os caixas eletrônicos, hoje espalhados por diversos prédios públicos.

De acordo com a CCS, a medida já vinha sendo estudada antes do arrombamento no prédio da Secretaria de Obras e Viação (Smov), ocorrido durante a madrugada.

• Enquete: Opine sobre a proposta

Seis criminosos entraram no prédio, fizeram um vigia refém por cerca de uma hora e meia e tentaram abrir o caixa eletrônico do banco Santander, instalado no local.

Sem conseguir arrobar o terminal, o grupo acabou levando o carro utilizado pelo prefeito Professor Serginho, que estava estacionado no pátio de cargas da secretaria.

Carro utilizado pelo prefeito Professor Serginho foi levado do pátio de cargas | Foto: Jonathas Costa / OA
Carro utilizado pelo prefeito Professor Serginho foi levado do pátio de cargas | Foto: Jonathas Costa / OA

A descentralização do serviço, no entanto, não depende apenas da vontade do governo. Técnicos da Secretaria da Fazenda estão analisando o processo licitatório executado na gestão anterior que trata da venda da folha de pagamento do funcionalismo.

Cláusulas contratuais definem o processo de descentralização dos terminais de auto-atendimento, e sua abolição dependerá destes fatores.

Um serviço de vídeo-monitoramento dos prédios públicos também está em análise.

Por medida de segurança, a quantidade de caixas eletrônicos e as suas localizações não foram divulgadas pela prefeitura.

Fonte: O Alvoradense