| Foto: Jonathas Costa
Bairro Americana ficou em baixo d’água com transbordamento do arroio Feijó | Foto: Jonathas Costa

A Prefeitura de Alvorada prepara decreto de situação de emergência a ser apresentado ao Governo do Estado. A Casa Civil deve agilizar agenda entre o prefeito Professor Serginho e o governador Sartori para agilizar o processo.

A situação do município se agravou nesta segunda-feira, quando ainda pela manhã já eram seis mil pessoas atingidas pela cheia. São 120 as famílias abrigadas pela Prefeitura, 60 no Ginásio Municipal Tancredo Neves e 60 no Centro de Educação Profissionalizante Anísio Teixeira, na Nova Americana.

• ASSINE: Receba a edição impressa do jornal O Alvoradense em casa

Conforme a Defesa Civil do município, 800 pessoas foram retiradas de suas casas, sendo que outras 1500 saíram sem ajuda do Poder Público.

Chuvas inundam estações de captação da Corsan e Alvorada fica sem água
Arroio Feijó transborda e cria correnteza dentro do bairro Americana

Durante a noite foram registrados 70 milímetros de chuva e a situação tende a piorar, pois a previsão é de chuva até quarta-feira, devendo reiniciar no final de semana.

Fonte: O Alvoradense