Ação ocorreu na avenida Presidente Getúlio Vargas, na entrada da cidade, durante a noite de sexta-feira | Foto: CCS/Divulgação/OA
Ação ocorreu na avenida Presidente Getúlio Vargas, na entrada da cidade, durante a noite de sexta-feira | Foto: CCS/Divulgação/OA

A primeira blitz da Operação Balada Segura em Alvorada notificou seis motoristas, três por não terem documento de porte obrigatório e três por não estarem com os veículos registrados e devidamente licenciados. Não houve registro de motoristas alcoolizados.

A ação ocorreu entre a noite de sexta-feira (6) e a madrugada do sábado, na avenida Presidente Getúlio Vargas, na altura da parada 42, na entrada da cidade.

Oito agentes de trânsito da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana da prefeitura participaram da abordagem.

Foram utilizadas três viaturas e duas motos da fiscalização de trânsito, uma viatura da Guarda Municipal e outra do setor de transportes. Auxiliaram na atividade dois agentes de trânsito da prefeitura de Esteio, que colaborou, ainda, com o envio de uma viatura.

Ao todo, 34 motoristas foram abordados, sendo três deles recolhidos para depósito do Detran.

Nenhum motorista foi flagrado acima do teor alcoólico permitido | Foto: CCS/Divulgação/OA
Nenhum motorista foi flagrado acima do teor alcoólico permitido | Foto: CCS/Divulgação/OA

Ação educativa
Durante a tarde de sexta-feira foi realizada blitz educativa próxima a praça João Goulart, na parada 48, com distribuição de cartilhas e cerca de 1,2 mil etilômetros descartáveis aos motoristas.

A atividade contou com a presença do prefeito Professor Serginho, diretor-presidente do Detran/RS, Leonardo Kauer Zinn, diretor-técnico do Detran, Ildo Mário Szinvelski, secretários de Segurança e Mobilidade Urbana, Fernando Ramalho, de Cultura, Luis Carlos Silveira, de Segurança e Mobilidade Urbana de Esteio, Arno Leonhardt, entre outras lideranças políticas e da comunidade.

A Balada Segura consiste em blitze de fiscalização e educação tanto em locais de grande concentração de bares e casas noturnas, como em roteiros/itinerários de deslocamento para festas e eventos, visando a combater, principalmente, a condução de veículos por motoristas alcoolizados. Segundo estimativas da ONU, o álcool está presente em mais da metade dos acidentes com mortes.

Fonte: O Alvoradense