Dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) indicam que entre os oito principais índices de criminalidade de Alvorada em 2013, seis deles apresentaram redução se comparados com o ano anterior.

Os homicídios, por exemplo, que em 2012 aumentaram 52,8% em comparação com 2011, ano passado reduziram 28,5%. As ocorrências envolvendo furto de veículos foram as que apresentaram maior retração, diminuindo em 30,8%. Posse de entorpecentes (26,4%), apreensão de armas de fogo (14,8%), estelionato (14%) e furtos (4,3%) também apresentaram quedas significativas.

Na contramão, o número de roubos e as prisões por tráfico apresentaram aumento, de 26% e 10% respectivamente.

Na comparação com os dados de todo o Rio Grande do Sul, Alvorada apresenta melhor desempenho. Isso porque apenas três índices estaduais, estelionato (13,2%), homicídios (5,5%) e furtos (0,7%), apresentaram redução em 2013. A maior alta foi nas prisões por posse de entorpecentes, com 10,2%.

Indices

Série histórica
Se os dados de 2013 foram comparados com os últimos cinco anos, é possível constatar que os números de homicídios reduziram pela primeira vez desde 2009. O mesmo ocorreu com os estelionatos e as prisões por posse de entorpecentes.

Já as ocorrências envolvendo veículos apresentam uma diferença de rumos. Enquanto o número de furtos têm quedas sucessivas desde 2011, os roubos sobem, também ano após ano desde 2011.

Apesar de sútil, a queda de 4,3% no número de furtos em 2013 mantém uma linha de redução em Alvorada vigente desde 2010. No caminho contrário seguem as prisões por tráfico de drogas, que desde 2009 sobem a cada período. Se levado em consideração os resultados apresentados nos últimos cinco anos, o aumento somente neste tipo de ocorrência é de 127,9%.

À margem dos bons resultados apresentados pela cidade em 2013, dois índices tiveram resultados percentuais preocupantes, apesar de possuírem números absolutos relativamente baixos. Os quatro latrocínios registrados em 2013, que são os roubos seguidos de morte,  parecem poucos, mas representam uma alta de 300% em Alvorada, já que a cidade mantinha a média de apenas uma ocorrência a cada ano.

Os delitos relacionados à corrupção apresentam desde 2009 uma linha de crescimento igualmente alarmante. Há cinco anos apenas um caso havia sido registrado na cidade. Em 2010 foram três, depois quatro no ano seguinte, até dobrar em 2012 para oito, número que se repetiu em 2013.

Diferença de dados
A prefeitura chegou a divulgar no início da manhã desta terça-feira (4) dados a respeito da segurança pública em Alvorada  que divergiam dos divulgados pela secretaria estadual. Alertados pela reportagem d’O Alvoradense, a Coordenadoria de Comunicação Social (CCS) reconheceu que os índices eram diferentes. Os utilizados  pela CCS eram do 24º Batalhão da Brigada Militar, apresentados diretamente ao município.

De acordo com o órgão, a cidade passará a adotar as estatísticas do governo do Estado.

Fonte: Jonathas Costa/OA