Professores registraram boletim de ocorrência na tarde de ontem | Foto: Divulgação / OA

Dezenas de professores das escolas estaduais de Alvorada registraram boletim de ocorrência contra o governador José Ivo Sartori. A acusação: assédio moral e constrangimento. A ação faz parte de uma mobilização que ocorre em diversas regiões do Estado contra o parcelamento de salário dos servidores, que neste mês ocorre pela nova vez consecutiva.

Eles também cobram o atraso do repasse de verbas essenciais às escolas e acusam o governo de tentar retirar direitos da categoria.

Segundo os organizadores, em torno de 50 manifestantes foram até à 2ª Delegacia de Polícia de Alvorada, mas nem todos puderam registrar o boletim em virtude da operação padrão realizada pelos policiais – justamente pelo atraso nos salários – e consequente demora no atendimento.

Atos semelhantes já ocorreram em Gravataí e Viamão.

Fonte: O Alvoradense