Manifestantes bloquearam Av. Getúlio Vargas por pelo menos uma hora | Foto: Jonathas Costa/OA
Manifestantes bloquearam Av. Getúlio Vargas por pelo menos uma hora | Foto: Jonathas Costa/OA

Um novo protesto dos moradores do bairro Americana, iniciado por volta das 15h30min, deixou a avenida Presidente Getúlio Vargas completamente bloqueada na região central da cidade por quase uma hora.

• FOTOS: Veja as imagens do protesto
• VÍDEO: Moradores e passageiros de ônibus discutem; Assista

De acordo com os organizadores do protesto, o objetivo é buscar junto a prefeitura uma solução para o problema das enchentes que castigam a região. Apesar da chuva ter acabado na terça-feira, a água continua a subir.

Os moradores exigiram a presença do prefeito Professor Serginho no local. Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, o Serginho estava envolvido com a entrega do termo de referência do projeto da construção do dique na Caixa Econômica Federal e por essa razão não estava em Alvorada.

A Brigada Militar e a Guarda Municipal acompanharam o ato. Não houve confronto.

Uma comitiva do governo, formada pelos secretários de Segurança e Mobilidade Urbana, Fernando Ramanho, e de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Airton Alminhana, estiveram no local. O vereador Marcelo Gonçalves (PT) também intermediou a negociação.

Foi agendado para este sábado (31), às 17 horas, uma reunião entre os representantes da comunidade, prefeito e todo secretariado para debater os problemas dos moradores.

Este é o terceiro protesto organizado pelos moradores. O primeiro ocorreu na noite de quarta-feira, quando pneus foram queimados em cima da ponte da Americana, que liga Alvorada a Porto Alegre. Na quinta outro grupo interrompeu o tráfego na avenida Assis Brasil, na Capital, próximo à Fiergs.

Comitiva da prefeitura esteve no local e agendou reunião com o prefeito Serginho para as 17 horas deste sábado | Foto: Jonathas Costa/OA
Comitiva da prefeitura esteve no local e agendou reunião com o prefeito Serginho para as 17 horas deste sábado | Foto: Jonathas Costa/OA

Fonte: O Alvoradense