Trabalho já vinha sendo realizado anteriormente na cidade / Foto: CCS / Arquivo /OA

Apesar da grande quantidade de chuva que atingiu a cidade na manhã desta quinta-feira (4), outro fator foi determinante para a proliferação de pontos de alagamentos nos bairros: o lixo.

Na ponte da Americana uma cena chamou a atenção de motoristas e moradores. Com câmeras de celulares nas mãos, eles registravam a grande quantidade de lixo que ficou presa na estrutura da ponte, que serviu de barricada para o lixo.

• FOTOS: Em galeria de imagens, confira os transtornos causados pela chuva

Os entulhos que boiavam nesta quinta dentro do Arroio Feijó haviam sido descartados irregularmente na rua Beira Rio nas semanas anteriores. O mesmo ocorreu na ponte da Nova Gleba.

Na Americana, ponte serviu de represa para o lixo | Foto: Jonathas Costa / OA
Na Americana, ponte serviu de represa para o lixo | Foto: Jonathas Costa / OA

Pela tarde, três equipes da Secretaria de Obras e Viação foram mobilizadas para recolher os entulhos. Com o auxílio de uma retroescavadeira, eles retiraram de dentro do arroio restos de eletrodomésticos, galhos, sacolas plásticas, entre outros tipos de lixos.

Em nota, a Prefeitura confirmou que os servidores encontraram muita dificuldade em retirar os entulhos, que por conta da força da enxurrada acabaram obstruindo os arroios. “A Prefeitura Municipal de Alvorada pede a colaboração da população para que não jogue lixo nas vias públicas e nas margens de arroios, evitando assim alagamentos”, diz o texto.

Fonte: O Alvoradense