Quarta-feira inicia a vacinação contra a Covid-19 de crianças de 11 anos com comorbidades

São cerca de 22 mil alvoradenses entre cinco e 11 anos que serão imunizados nas UBSs de seus bairros

513
Foto: Pfizer / Arquivo / OA

Alvorada possui cerca de 22 mil crianças na faixa etária entre os cinco e os 11 anos e recebeu, nesta segunda-feira (17), 1.200 doses da Pfizer pediátrica.

Frente a estes números, a Secretaria Municipal da Saúde divulgou em live esta manhã, o cronograma de vacinação a partir de quarta-feira (19) para adultos e crianças.

Por orientação da Secretaria Estadual da Saúde e Ministério da Saúde, o primeiro grupo será de crianças de 11 anos, com comorbidades, que serão imunizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) dos bairros em que moram. Também os adultos poderão tomar suas doses perto de casa, contudo respeitando o calendário, pois os atendimentos serão em horários diferentes.

A estimativa da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) é que sejam vacinadas de 15 a 20 crianças a cada dia, por haver a orientação de que cada paciente fique em observação por 20 minutos.

Adultos e crianças em dias diferentes

A partir de 19 de janeiro as UBSs atendem o calendário normal de vacinação pela manhã e a imunização contra a Covid-19 no turno da tarde:

Crianças das 13h às 16h30 nas segundas, quartas e sextas-feiras e

Adultos nas terças e quintas-feiras, das 13h às 16h30.

O Centro de Vacinação, ao lado do Pam-8 segue com atendimento à população, igualmenete com horários diferenciados:

Crianças das 13h às 16h30 nas segundas, quartas e sextas-feiras e

Adultos pela manhã na segunda, quarta e sexta-feira e das 13h às 21h nas terças e quintas-feiras.

Documentos

É necessário apresentar documento de identidade da criança e responsável, cartão SUS (que pode ser feito na hora), comprovação da comorbidades (receita médica ou receita médica) e Carteira de Vacinação da criança, se tiver.

A secretária Neusa Abruzzi, da Saúde, afirma que todas as equipes estão capacitadas e aptas a aplicar e dar informações aos pais ou responsáveis. Ela salienta que há necessidade de respeitar o intervalo de 15 dias entre outras vacinas e 30 dias se a criança teve a Covid-19.

As comorbidades válidas para a imunização das crianças neste momento são: autismo, asma, deficiência da imunidade, diabetes, doença cardíaca, doença hematológica, doença hepática, doença pulmonar, doença renal, doenças neurológicas, neoplasia, obesidade e síndrome de Down.

H1N1

Importante salientar a necessidade da imunização contra a gripe, pois há um surto da doença, através da vacina H1N1 a partir dos seis meses de idade, também disponível em todas as UBSs.

Contudo vale esclarecer que a dose que está a disposição nas UBSs agora em janeiro é a mesma já tomada em 2021 e que não é necessário receber esta vacina novamente.