Milhares de manifestantes tomaram o Centro de São Paulo | Foto: Mídia NINJA/Especial OA
Milhares de manifestantes tomaram o Centro de São Paulo | Foto: Mídia NINJA/Especial OA

O dia de hoje será de mais manifestações em todo o Brasil e também em cidades de outros países. Pelas redes sociais, a data está sendo considerada como uma das mais importantes em termos de adesão popular.

Pela internet é possível verificar protestos agendados em mais de 130 cidades para esta quinta-feira.

Entre outros temas, a pauta de reivindicações inclui a redução nos preços das passagens de ônibus do transporte público, e críticas quanto aos gastos em megaeventos como Copa das Confederações e Copa do Mundo.

Alvorada não deve passar imune à onda de manifestações. A cidade já possui dois atos marcados. O primeiro deve ocorrer amanhã, a partir das 19h próximo ao pórtico de entrada na Avenida Presidente Getúlio Vargas. Quase quatro mil pessoas já confirmaram presença.

Também no sábado deve haver manifestação em frente à prefeitura. O ato está marcado para começar às 18h.

As manifestações desta quinta-feira devem ocorrem no Rio Grande do Sul em Porto Alegre, Viamão, Rio Grande, Santo Antônio da Patrulha, São Lourenço do Sul, São Sebastião do Caí, São Leopoldo, Santa Rosa, Parobé, Pelotas, Passo Fundo, Alegrete, Santana do Livramento, Lajeado, Bagé, Santa Maria, Ijuí, Soledade e Tenente Portela.

O Sindilojas, o Sindec e a CDL aconselharam o fechamento dos comércios do Centro Histórico da Capital e arredores por volta das 17h, por conta da manifestação. A EPTC garante que os ônibus devem circular normalmente, podendo haver alteração no itinerário durante a caminhada dos manifestantes. 

As empresas de ônibus que prestam serviços a passageiros que moram na Região Metropolitana, no entanto, dividem-se quanto à manutenção dos serviços aos usuários durante o protesto. A Empresa de Transportes Viamão paralisa as atividades às 15h e prevê retomada da circulação somente no final da manifestação. Já a Expresso Veraneio, que atende Viamão, também suspenderá o serviço durante o ato em Porto Alegre.

As demais empresas que atendem as regiões de Cachoeirinha, Vale do Sinos, Guaíba e Gravataí trabalharão normalmente, cumprindo a tabela tradicional de horários. A Empresa Sogil, de Gravataí, avaliará durante o evento se mantém a prestação do serviço. A Trensurb funcionará normalmente.

Fonte: O Alvoradense