Rafael Borba já na Tailândia, com a equipe que irá auxiliar em seu tratamento | Foto Divulgação
Rafael Borba já está na Tailândia, com a equipe que irá auxiliar em seu tratamento | Foto Divulgação

A primeira aplicação de células-tronco já foi realizada em Rafael Borba. O jovem está na Tailândia, realizando tratamento para Distrofia de Duchenne. O país asiático é referência na recuperação da doença.

• SAIBA MAIS: A cobertura da campanha #tamojuntorafa

O tratamento é realizado desde a última quinta-feira (2). O processo envolve uma série de atividades. É trabalhada a parte física de Rafael, com exercícios guiados por profissionais e até mesmo acupuntura. Já a aplicação de células-tronco é parte essencial da recuperação.

Junto com Rafael, outros três pacientes fazem parte da expedição chamada de Fênix. Dois deles também possuem a distrofia muscular de Duchenne e o terceiro tem paralisia cerebral. O tratamento ocorre no hospital Better Being, onde eles recebem, além da aplicação da medicação, orientações sobre nutrição e avaliação muscular específica.

Médicos trabalham a parte física de Rafael | Foto Divulgação
Médicos trabalham a parte física de Rafael | Foto Divulgação

A viagem até a Tailândia se tornou realidade a partir da campanha #tamojuntorafa. Ação, que mobilizou Alvorada, visa arrecadar dinheiro para proporcionar o auxílio médico ideal a Rafael. Esta é a primeira etapa da recuperação, entretanto, serão necessárias outras duas idas até o continente asiático para concluir o tratamento.

A campanha segue em busca de doações. No site criado pela família estão as informações detalhadas sobre a doença e os objetivos dos familiares.

Fonte: O Alvoradense