O reajuste na tarifa do transporte coletivo metropolitano deverá ser de 1,74%, conforme anunciou nesta terça-feira o secretário estadual de Obras Públicas, Irrigação e Desenvolvimento, Luiz Carlos Busato.

Antes de o governo federal anunciar isenção de PIS e Cofins para as empresas do setor, o índice proposto pela Associação dos Transportadores Intermunicipais de Passageiros (ATM) havia sido de 5,88%.

O valor ainda deverá ser aprovado pelo Conselho Estadual de Transporte Metropolitano Coletivo de Passageiros (CEMT), que se reúne nesta quarta-feira. Posteriormente, deverá ser apreciado pela Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RS (Agergs). Segundo Busato, a tendência é de aprovação.

Em Alvorada os valores devem subir, em média, cinco centavos.

Fonte: O Alvoradense