Foi confirmado nesta terça-feira o primeiro caso de dengue autóctone, ou seja, contraído dentro do território do Rio Grande do Sul em 2012. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, a ocorrência foi constatada na cidade de Três de Maio, na região noroeste.

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS) informou que a doença foi contraída por uma mulher de 24 anos, mas o quadro já evoluiu para cura. Dois outros casos suspeitos de dengue estão sendo investigados pelas autoridades de saúde.

Desde 2007, o Rio Grande do sul enfrenta surtos de dengue autóctone, especialmente na região noroeste, que apresenta condições de calor e umidade favoráveis para o desenvolvimento do mosquito transmissor da dengue o Aedes Aegypti.

Já em Alvorada, conforme a Secretaria da Saúde, não existe nenhum caso de dengue, mas os alertas para evitar a doença continuam, como por exemplo, combater os locais propícios para a criação do mosquito transmissor, evitando o acúmulo de água em vasos de plantas, em pneus velhos, latões, entre outros.