Para Renato, equipe vem se superando a cada dia | Foto: Lucas Uebel/Grêmio/OA
Para Renato, equipe vem se superando a cada dia | Foto: Lucas Uebel/Grêmio/OA

Duas vitórias e seis gols marcados contra adversários diretos da ponta de cima da tabela após a vitória sobre o CruzeiroSeria uma indicação de que o Grêmio se encaminha para lutar pelo título? Para o presidente, Fábio Koff, os resultados candidatam o Tricolor, mas o técnico, Renato Portaluppi, preferiu conter a euforia nesta quarta-feira. “O Grêmio não é candidato ao título”, enfatizou na entrevista coletiva. 

• FOTOS: Veja as imagens do jogo

“Temos as mesmas chances que qualquer time do Brasileiro. Como treinador tenho que me conter, as duas vitórias seguidas foram importantes e subimos na tabela, mas tenho que falar com consciência de que o Grêmio é mais uma equipe. É um campeonato disputado, longo e precisa pensar jogo a jogo”, analisou o treinador.

Questionado sobre a longa espera da torcida por um título, Renato seguiu contemporizando. “As pessoas querem achar que, da noite para o dia, as coisas vão acontecer”, relatou. “As mudanças que a gente vai colocar são aos poucos e o treinador não tem esse tempo.”

Renato promete “bronca” em Fábio Koff
Apesar do receio em aceitar qualquer favoritismo, Renato reconheceu avanços no Tricolor. “Já vi uma melhora muito grande em muitas coisas que desde que cheguei achei que poderia melhorar”, avaliou. “Até onde o Grêmio pode chegar, nem eu sei, nem o grupo sabe”, acrescentou Renato. “A gente trabalha jogo a jogo, degrau a degrau. Não adianta querer pensar lá na frente, o próximo adversário é o Vasco. Aos pouquinhos o campeonato vai se desenhando melhor”, ponderou.

Sobre as declarações de Fábio Koff, Renato colocou um freio em tom de brincadeira. “Estou com os pés no chão, cabeça tranquila. Ele tem todo direito de falar isso, assim como o torcedor de comemorar bastante, mas nem acabou o primeiro turno ainda”, afirmou. “Com todo o respeito vou dar uma bronca nele depois”, salientou.

Fonte: Correio do Povo