Jornalistas Jonathas Costa e Mariú Delanhese receberam o troféu de primeiro lugar na categoria Webjornalismo durante cerimônia na manhã desta sexta | Foto: Ane Soares / O Alvoradense

A reportagem “Tragédia Histórica no Ano do Cinquentenário”, do jornal O Alvoradense, foi a grande campeã da categoria Webjornalismo do Prêmio Ari-Banrsiul de Jornalismo 2015.

O material produzido pelo jornal O Alvoradense concorria com outras quatro reportagens do jornal Zero Hora.

A cerimônia de revelação dos vencedores ocorreu na manhã desta sexta-feira (18) no Ministério Público Estadual, em Porto Alegre.

A reportagem premiada foi produzida pelos jornalistas Jonathas Costa e Mariú Delanhese, com o apoio do estudante de jornalismo Caio Spillere e retratou em detalhes a cronologia dos acontecimentos que levaram a cidade ao verdadeiro caos em julho deste ano, quando após o registro do maior alagamento já enfrentando pelos moradores ribeirinhos ao Arroio Feijó, o fornecimento de água potável foi suspenso por seis dias para toda Alvorada, Viamão, Cachoeirinha e Gravataí.

O material reúne textos, fotos e vídeos e está dividido em quatro partes: “A Emergência”, que detalha o drama das enchentes nos bairros da zona Norte de Alvorada; “A Calamidade”, sobre a crise no abastecimento de água; “A Solidariedade”, com histórias de voluntários anônimos, servidores entidades e cidadãos comuns que se mobilizaram para ajuda ao próximo; e “O Recomeço”, com a projeção do que precisará ser feito para recuperar as áreas atingidas.

Para reler a matéria, clique aqui.

No início da cerimônia o presidente da Ari, Batista Filho, falou da importância do prêmio e pediu que todo o dia, ao levantar, os ganhadores olhassem para o troféu e dissessem: “Hoje vou fazer o que eu gosto, o que eu sei fazer, e com utilidade”.

O Prêmio Ari de Jornalismo é o mais cobiçado reconhecimento da imprensa do Rio Grande do Sul. Nesta 57ª edição recebeu recorde de inscritos, com 350 trabalhados avaliados. Esta é a primeira vez que um veículo de Alvorada recebe uma premiação em nível estadual de jornalismo.

Também de Alvorada, a estudante de jornalismo Raysa Paula Oliveira Guagliardo, da Famecos, levou o primeiro lugar na categoria Jornalismo Universitário Web com a matéria “Não somos rivais, somos a Revolução”.

Fonte: O Alvoradense