Durante os últimos meses de recadastramento foram grande as filas | Foto: Mariú Delanhese / Arquivo OA

Há um mês do prazo máximo para o recadastramento biométrico, que se encerra em 16 de março, apenas 36,6% do eleitores alvoradenses já compareceram ao Cartório Eleitoral de Alvorada, onde a biometria é obrigatória.

Apesar do aumento de atendimentos diários, 800 em média, o baixo número de eleitores recadastrados levou a Justiça Eleitoral a fazer plantão no último final de semana, dias 13 e 14, quando permaneceram os cerca de 800 atendimentos/dia.

No próximo mês o Cartório Eleitoral vai atender diariamente, com plantões nos dois finais de semana e se seguir no ritmo de trabalho atual, a expectativa é que apenas 70 % dos eleitores consigam realizar o recadastramento. Hoje há 24 terminais a disposição dos alvoradenses e o apoio de 15 militares do Exército Brasileiro para o atendimento que está sendo utilizado abaixo de sua capacidade. “Para cumprirmos a meta de 100% teríamos que atender de duas a três mil pessoas diariamente”, afirma Avelina Lautert, chefe de Cartório da 124ª ZE.

Caso o eleitor não efetue o recadastramento, o título será cancelado e não poderá votar nas próximas eleições. E quem não votar nem justificar fica sem quitação eleitoral e impedido, por exemplo, da obtenção de passaporte, identidade, posse em cargo público, ingresso em algumas universidades, obtenção de diplomas etc. Para os maiores de 70 anos, que contam com atendimento prioritário no Cartório, o ato de votar é opcional, contudo Avelina pondera que outros órgãos Federais, por exemplo a Receita, usam os dados do Título de Eleitor para orientar seus trabalhos.

Os eleitores devem comparecer com documento e identidade (carteira de identidade, trabalho, certidão de nascimento ou carteira de conselho profissional) e comprovante de residência emitido nos últimos três meses.

O horário de atendimento será das 9h às 18h e o Cartório Eleitoral fica na rua Viamão, 49, parada 49, telefone (51) 3483-1909.

Fonte: Mariú Delanhese / O Alvoradense