Pronto atendimento e laboratório devem passar ao prédio da UPA | Foto: Arquivo / OA

A informação de que a Prefeitura pretende transferir o Pronto Atendimento e o Laboratório Municipal para o prédio da UPA ainda este ano, foi passada ao Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) durante reunião com a Secretaria Municipal da Saúde, na quinta-feira (26).

O objetivo do encontro foi definir a regulamentação do horário e turnos de atendimentos dos médicos na rede municipal. Participaram o diretor do Sindicato, André Gonzales, e a secretária da Saúde, Neusa Abruzzi.

Além da flexibilização da carga horária dos médicos que atendem em Alvorada, outras questões são acompanhadas pelo Simers, que foi comunicado de algumas medidas demandadas e que começam a ser atendidas pelo gestor municipal.

Com a transferência do Pronto Atendimento, o Pam 8 ficará apenas com os ambulatórios. A unidade será informatizada, informou Abruzzi, com a chegada de mais 18 computadores. Quanto ao laboratório, a transferência ao prédio da UPA vai ampliar os atuais cinco mil exames/mês, para 15 mil exames laboratoriais.

Com relação ao Samu, a secretária informou que Alvorada vai contratar uma empresa para fazer “a destinação de pessoal médico”. Desta forma será suprida a necessidade, até que se realize, ainda no primeiro semestre deste ano, concurso público para o preenchimento das vagas.

Fonte: O Alvoradense