Saúde do Estado amplia vacinação contra a gripe

Alvorada passou a imunizar todas idades desde o final de semana

115
Foto: SMS / Divulgação / OA

Durante o Mutirão de Vacinação realizado no domingo (05) pela Secretaria Municipal da Saúde, centenas de alvoradenses receberam doses contra COVID-19, Influenza e Sarampo no Centro de Vacinação e PAM-8.

Os mutirões de vacinação aos finais de semana, que devem se repetir ao longo do ano, visam garantir a imunização da população que trabalha e não pode se deslocar aos pontos de vacinação durante a semana.

Ainda na sexta-feira (03) a Secretaria Estadual da Saúde (SES) definiu junto aos municípios que a vacinação contra gripe (influenza) seria aberta à população em geral, acima dos seis meses de idade.

A campanha nacional foi iniciada em abril para os grupos prioritários e no Rio Grande do Sul, até aquele dia, 1.912.279 de pessoas haviam se vacinado contra a doença. A cobertura vacinal entre os grupos que se tinha uma meta de vacinação de 90% (crianças, trabalhadores na saúde, gestantes, puérperas, indígenas, idosos e professores), era ainda inferior a 50%.

O número de doses para a campanha da gripe é limitado à quantidade do público estimado entre os grupos prioritários, não havendo a previsão no aumento no número recebido pelo Ministério da Saúde.

Por isso, as doses agora disponíveis para a população em geral compreendem a quantidade que não foi utilizada pelos grupos prioritários até o momento.

O total da população dos grupos prioritários no Rio Grande do Sul para a campanha deste ano foi estimado em 4,9 milhões de pessoas. Para atender esse público, foram recebidas cerca de 5,1 milhões de doses, das quais cerca de 1,9 milhão já foram registradas no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações como aplicadas.

Sarampo

Em paralelo à campanha da gripe (influenza) foi realizada uma estratégia de vacinação contra o sarampo para crianças e trabalhadores da saúde. Ao todo, a população alvo era de em torno de 982 mil pessoas, das quais 241 mil foram vacinadas durante a campanha.

Entre as crianças, foram cerca de 203 mil doses aplicadas, o que representa uma cobertura próxima de 33% do total do público elegível (maiores de seis meses e menores de cinco anos).