Foto: Divulgação / OA

No início da pandemia, em abril deste ano, a Smed cancelou a convocação de 110 professores da rede municipal de ensino. As convocações são dadas aos professores para que atuem em horários diferentes do seu contrato, atendendo outras turmas. São temporárias e renovadas a cada período.

Contudo, mesmo com as escolas fechadas e as aulas virtuais, há professores atendendo turmas além das suas, sem receber por isso. E há alunos tendo aulas com professores substitutos, que teoricamente deveriam apenas repassar o material elaborado pelo titular da disciplina.

Conforme relatado à redação do jornal O Alvoradense, a justificativa da Smed foi a falta de recursos, contudo os professores seguem trabalhando além dos seus contratos, sem remuneração.

Em contato com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Alvorada (Sima), o presidente Rodinei Rosseto informou que a reunião para tratar do assunto que havia sido marcada para esta semana, foi adiada para agosto. “Devolveram as convocações só para as equipes diretivas, mas os professores estão sem receber”, confirmou Rosseto.