Alvorada vacinou apenas 51% do público de risco até a sexta-feira, dia 26, segundo a Secretaria de Saúde | Foto: Fábio Paranhos / Divulgação PMPA / OA
Alvorada vacinou apenas 51% do público de risco até a sexta-feira, dia 26, segundo a Secretaria de Saúde | Foto: Fábio Paranhos / Divulgação PMPA / OA

A Secretaria de Saúde do Estado confirmou o primeiro caso de Gripe A (H1N1) do ano em Alvorada. Não foram divulgadas maiores informações sobre o paciente, mas pelo menos outras quatro pessoas contraíram a doença em demais cidades gaúchas.

O boletim do órgão aponta que três pacientes contraíram a doença em São Gabriel, na Região da Campanha, e um em Porto Alegre.

Também foram registrados cinco casos de contágio pelo vírus H3N2, todos na Capital, e três casos da Influenza B, em Pelotas, Ijuí e Anta Gorda.

Apesar do Rio Grande do Sul ser um dos estados com maior adesão à campanha de vacinação no país, tendo alcançado 74% da meta até a sexta-feira, Alvorada vacinou pouco mais de 50% do público de risco.

Assim como Alvorada estão outros 42 municípios gaúchos. Por este motivo o Ministério da Saúde prorrogou a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, inicialmente prevista para acabar na sexta-feira, para até o dia 10 de maio.

Devem se vacinar idosos com mais de 60 anos, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto, presidiários, profissionais de saúde, além das pessoas que têm doenças crônicas do pulmão, coração, fígado, rim, diabetes, imunossupressão e transplantados.

No ano passado Alvorada foi a terceira cidade com mais casos confirmados de Gripe A no Rio Grande do Sul. Foram 18, atrás apenas de Cruz Alta, com 22, e Porto Alegre, com 113. Pelo menos duas pessoas morreram na cidade.

Fonte: O Alvoradense