| Foto: Jonathas Costa / Arquivo OA
População pode pegar doenças ao entrar em contato com alagamentos | Foto: Jonathas Costa / Arquivo OA

Os alagamentos preocupam o sistema de saúde de Alvorada. A concentração de pessoas em abrigos pode ser crucial para a proliferação de doenças. Já as enchentes trazem o risco de leptospirose, por exemplo. Médicos estão avaliando os flagelados no Ginásio Municipal.

Cerca de 70 vacinas já foram aplicadas somente nesta segunda-feira (20) no ônibus da saúde, que fica estacionado em pontos alagados. Um senhor que estava abrigado no ginásio foi levado para o hospital por apresentar infecção respiratória.

• ASSINE: Receba a edição impressa do jornal O Alvoradense em casa

O trabalho da Secretaria da Saúde segue até acabar esta situação. E a previsão é de que não seja tão breve. Apesar da diminuição da chuva, o vento sul represa as águas do Arroio Feijó e Rio Gravataí para Alvorada. Isto é, as águas devem continuar subindo nos próximos dias.

• FOTOS: Confira mais fotos da situação no bairro Nova Americana

Fonte: O Alvoradense