Diálogo ocorreu pelo aplicado de celular WhastApp | Foto: Reprodução / OA
Diálogo ocorreu pelo aplicado de celular WhastApp | Foto: Reprodução / OA

Em entrevista a’O Alvoradense na noite desta quarta-feira (10), o secretário de Administração, Ramiro Passos, reconheceu que errou ao escrever que liberaria o pagamento da licença prêmio de uma servidora ligada ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Alvorada (Sima), caso ela conseguisse que a proposta do governo sobre o reajuste da categoria fosse aprovada pelo Sima.

Para Ramiro, o diálogo era ‘descontraído’ e ele foi mal interpretado. Ainda assim, reconhece que errou. “Reconheço a minha falha, foi uma brincadeira de mal gosto”, declarou.

Ainda segundo o secretário, em nenhum momento houve a intenção de coagir de servidora. “Vejo seguido ela na secretaria e resolvi fazer uma brincadeira”, justifica, ao admitir que mudará seu posicionamento depois do episódio: “Terei uma relação formal a partir de agora. É da dureza da vida”.

Em nota, o sindicato repudiou o episódio, que classificou como uma “tentativa de assédio”.

Ramiro adiantou que deve emitir uma nota oficial sobre o caso durante esta quinta-feira.

Fonte: O Alvoradense