Cartazes expressam indignação dos trabalhadores | Foto: Divulgação / 24º BPM / OA
Cartazes expressam indignação dos trabalhadores | Foto: Divulgação / 24º BPM / OA

Manifestantes contra o parcelamento dos salários dos servidores bloquearam a saída de viaturas do 24º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Alvorada na manhã desta quarta-feira (2). 

Cartazes foram afixados no portão do estacionamento do batalhão, que ficou fechado ao longo da manhã. O policiamento teve que ser realizado a pé. 

União bloqueia pelo segundo mês seguido das contas do RS

A primeira parcela do pagamento dos servidores foi de apenas R$ 600, o que revoltou os trabalhadores. Na grade do 24º BPM há cartazes com dizeres como “nossas dívidas quem paga o atraso?” e “sem salário, sem motivação para trabalhar”.

• ASSINE: Receba a edição impressa do jornal O Alvoradense em casa

O protesto acontece também em Porto Alegre e diversos municípios do interior. No Palácio do Piratini, servidores se estão reunidos para um “barulhaço” contra o governador José Ivo Sartori.

Fonte: O Alvoradense