Atividades educacionais também integram a Semana do Meio Ambiente | Foto: CCS / Divulgação / OA

A 20ª Semana Municipal do Meio Ambiente foi inciada ontem com um ato em frente a Prefeitura e plantio de mudas na Praça João Goulart. O prefeito, Professor Serginho, e alunos que participaram do curso de Cidadão Ambiental organizado pela secretaria municipal de Meio Ambiente, realizaram o plantio de mudas de árvores como cerejeira e umbu na Praça Central.

A Prefeitura também instalou stands das secretarias de Educação e Saúde que distribuíram materiais informativos sobre ações do renovado Centro de Educação Ambiental Sala Lígia Rochenback e dicas de prevenção e combate à dengue, entre outros teores.

No domingo (02) o eco-passeio ciclístico organizado pela Ong Embrião marcou o inicio das comemorações da Semana. O passeio que percorreu as Avenidas Getúlio Vargas e Baltazar de Oliveira Garcia até o terminal Triângulo reuniu centenas de pessoas.

A Semana do Meio Ambiente se estende até a quinta-feira (05) e conta com atividades que incluem recolhimento de lixo eletrônico, lançamento do Selo Descartes de Cidadania e Campanha Municipal pela Correta Separação de Resíduos.

Atividades culturais como apresentações teatrais e cursos de orientação sobre destacarte correto de lixo também compõem a programação.

Durante a Semana também ocorrerá no dia 06 de junho sarau literário-musical com a apresentação pública da nova sede do Centro de Educação Ambiental Sala Lígia Rochenback, na rua Roberto Feijó, 11, esquina com a avenida Presidente Getúlio Vargas, onde serão desenvolvidas múltiplas ações de educação ambiental e acesso às informações da área para a população, especialmente estudantes e professores.

Na nova sede o Centro passará a atender com mais qualidade o público e contará com onze novos computadores e miniauditório para 30 pessoas, além da manutenção dos serviços que eram realizados na biblioteca virtual do Sesi.

Estudantes do Projeto Pescar realizaram o plantio de mudas na Praça Central | Foto: CCS / Divulgação / OA
Estudantes do Projeto Pescar realizaram o plantio de mudas na Praça Central | Foto: CCS / Divulgação / OA

Fonte: O Alvoradense