Jogo teve momentos de tensão, com duas expulsões | Foto: Mariú Delanhese / OA

O Leão de Alvorada está fora da Copa Metro-Serra. Na primeira partida do ano jogando no ginásio da Faculdade São Marcos, o Ser acabou perdendo por 6 a 5 para o Afusca. Só a vitória garantia a permanência na competição, já que os alvoradenses haviam iniciado a disputa com derrota por 5 a 1 para a AGF.

O jogo começou disputado, com faltas dos dois lados e boas finalizações. Aos 2 minutos, Tauan chegou jogando forte na boca do gol, mas a bola acabou para fora. Bruno Muralha também teve trabalho com as oportunidades criadas pela Afusca. Os goleiros das duas equipes, aliás, foram o destaque do início da partida ao bloquearem grandes jogadas e impedirem gols praticamente feitos.

Justamente pela intensidade das finalizações do Ser que Queixo, goleiro do Afusca, ganhou destaque. Durante a primeira etapa foram cinco impressionantes defesas.

Os três primeiros gols do Ser foram nos últimos cinco minutos do primeiro tempo. O primeiro deles nasceu da jogada com Chico Branco, que tocou para Pé Fino finalizar. Foi também dos pés de Pé Fino que nasceu o segundo, com um bomba direto para o fundo da rede. O terceiro foi assinado por Bilo, que recebeu a bola sozinho na cara do gol, sem chances para o goleiro da Afusca.

[wp-svg-icons icon=”images” wrap=”b” color=”#008000″] Veja as fotos da partida

Uma falta perigosa de Tauan permitiu a reação dos visitantes, que foi rápida e fulminante. Gabriel fez jogada ensaiada e iniciou a virada. Mal comemoraram e Bruno acabou falhando, permitindo o segundo do Afusca. O empate foi de Queixo, que livre bateu forte no canto e deixou tudo igual na Toca do Leão. Nos apagar das luzes da primeira etapa, Pablo conseguiu a virada. Foram quatro gols em dois minutos.

Na volta do intervalo o Afusca entrou em quadra mostrando que não daria descanso para os alvoradenses. Bruno Muralha fez grande defesa já no primeiro minuto. Ainda assim, o Leão de Alvorada não se recolheu em quadra. Chico Branco tentou o empate, mas foi parada pelas mãos de Queixo. Juninho também fez grande jogada, chutou pela direta e a bola acabou saindo pelo canto. Chico Branco voltou a assustar, mas Queixo – o nome da partida – espalmou para fora.

Apesar das boas finalizações do Ser Alvorada / São Marcos, o Afusca voltou a atacar mais. Com os visitantes em cima, o clima acabou esquentando. Rafinha, do Ser, e Wagner se estranharam e trocaram tapas. Jogadores e equipe técnica invadiram a quadra para separar e houve princípio de tumulto. Os dois acabaram expulsos.

O gol de empate nasceu da cobrança de tiro livre para o Leão de Alvorada aos 9 minutos. Pé Fino não desperdiçou a oportunidade: 4 x 4. Com o gol, o Ser cresceu em quadra e voltou a dar trabalho para o goleiro Queixo. Em nova cobrança de falta, novamente Pé Fino ampliou e garantiu a virada dos alvoradenses.

O jogo voltou a ficar empatado em um erro justamente de quem mais marcou para o Ser Alorada / São Marcos. Pé Fino acabou deixando tudo igual para o Afusca.

Uma nova cobrança de falta poderia ter dado o gol da vitória para os alvoradenses, mas acabou disperdiçada. No minuto final, o Afusca arrancou o gol que eliminou o Ser Alvorada / São Marcos da Metro-Serra pelos pés de Dodo.

Os alvoradenses permanecem na disputa da Copa dos Campeões, onde estrou com vitória de 14 a 0, e se preparam para o grande desafio do ano: a Série Prata de futsal.

Fonte: Jonathas Costa / O Alvoradense