Sessão da Câmara de Vereadores com novo horário

Desde esta semana os trabalhos passaram para o período da tarde de terça-feira

288
Foto: Câmara de Vereadores / Arquivo / OA

Com novo horário, a partir das 16h15min das terças-feiras e transmissão ao vivo pelas redes sociais, a Câmara de Vereadores de Alvorada esta semana votou importantes projetos para o município.

Entre eles uma homenagem à professora Aida Santos, recentemente falecida, vítima da Covid-19.

Por iniciativa da vereadora Giovana Thiago (PT), o Projeto de Lei 060/2021 muda o nome da Escola Municipal de Ensino Fundamental Hilário Feijó para Escola Municipal de Ensino Fundamental Aida Santos. A escola está no bairro Sumaré, região onde Aida tinha grande convívio.

Aida foi professora no município por mais de 35 anos. Foi diretora do turno da noite da Escola Antônio de Godoy, desenvolvendo um trabalho inovador na educação de jovens e adultos, organizando a escola pedagogicamente para utilização do método Paulo Freire. Por algum tempo foi supervisora na Secretaria Municipal da Educação e, durante muitos anos, atuou na Escola Hilário Feijó, “onde fez um trabalho muito além das fronteiras da escola, tornando-se uma amiga e referência naquela comunidade”.  

Por fim, esteve à frente da gestão do Galpão da Nova Americana, auxiliando diversas famílias em vulnerabilidade social, principalmente neste período de pandemia.

“Sempre muito acolhedora, Aida sempre foi uma pessoa que inspirava a todos e todas na luta por uma educação digna e de qualidade no município”, afirma a justificativa do projeto apresentado pela vereadora Giovana.

A proposta foi aprovada por unanimidade e muitos dos vereadores falaram da relação que tinham com a homenageada, lembrando de momentos em comum.

Na mesma sessão foi feita homenagem à memoria da professora Aida Santos, com a presença de familiares.

Vacina para a Assistência Social

Outro projeto de Lei, este de autoria do presidente da Casa, vereador Schumacher (PTB), autoriza o Governo Municipal a utilizar as doses que eventualmente sobram no final de cada dia de vacinação contra a Covid-19 nos profissionais que atuam na linha de frente da Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência Social e Cidadania. 

O autor lembra que os profissionais desta Secretaria estão, desde o início da pandemia, trabalhando diretamente com a comunidade, seja nos abrigos municipais, CRAS, CREAS, visitas domiciliares de Assistência Social e cadastramentos de programas sociais. O projeto, igualmente aprovado por unanimidade, segue para sanção do prefeito Appolo.

Aprovados

Também foram aprovados o Projeto de Lei 041/2021 de autoria do vereador Rodrigo Mendes (Republicanos) que institui o Programa de Sustentabilidade Ambiental na rede municipal de ensino; Projeto de Lei 061/2021 de autoria do vereador Rodrigo Schim (PL) sobre o atendimento prioritário a pacientes em tratamento oncológico em estabelecimentos públicos e privados.

Votados e aprovados os pedidos de indicação (quando o Legislativo sugere ações ao Executivo) 001/2021 de autoria da vereadora Oliane Santos (Cidadania), que cria o Fundo Municipal de Proteção e Bem-Estar Animal (Fumbep) e 008/2021 de autoria da vereadora Giovana Thiago (PT) que indica o Programa “Kit prevenção e higienização” com álcool em gel, material de higiene pessoal e itens de proteção, como máscaras, luvas, para famílias carentes, como política pública diante à pandemia do novo coronavírus.