Foto: Sima / Divulgação / OA

Começaram nesta terça-feira (22) os trabalhos de fundação da nova sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Alvorada (Sima).

O prédio que irá abrigar a nova sede administrativa será construído no terreno da avenida Wenceslau Fontoura, no mesmo local da atual sede, o que deverá trazer um pouco de transtorno aos associados que precisarem ir ao local. 85% dos servidores municipais são associados, o que demanda um grande volume de atendimentos. A previsão de conclusão é no final de 2020, sendo o projeto total orçado em R$ 250 mil, 90% do valor já pago.

Contudo, o presidente Rodinei Rosseto explica que o atendimento será exclusivamente por agendamento que poder ser feito pelo WhatsApp (51) 3442.4568. Essa medida é graças à obra e também em cumprimento dos protocolos de segurança da pandemia. Durante a obra, o acesso ao SIMA será feito pela vizinha Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana.

Anunciado na live de aniversário da entidade, em 12 de julho, o projeto ultrapassa 640m² em dois pavimentos, incluindo sala de reuniões, acessos com acessibilidade, banheiros com acessibilidade para cadeirantes, “além de oferecer mais conforto aos filiados”, considera Rosseto.

Investimento

O terreno da rua Wenceslau Fontoura é uma concessão pública da Administração Municipal ao Sindicato. Recentemente o Governo Appolo cedeu por mais cinco anos, e há um processo para encaminhar a cedência definitiva, revela o presidente.

“Estamos investindo o dinheiro do servidor pro servidor. A ideia é fazer uma Escola de Gestão para qualificar o serviço público, além de dar qualidade e conforto aos trabalhadores”, diz Rosseto.

Ele ainda ressalta que justamente por ser uma cedência pública, o estatuto social do Sima prevê que a comunidade possa utilizar a sede em atividades como formaturas coletivas das escolas públicas, aulas de balet para a comunidade, entre outras.