Colaboradores conscientes dos objetivos do Maio Amarelo / Foto: Soul / Divulgação / OA

A empresa de transporte público Soul aderiu ao Maio Amarelo, um movimento internacional que pretende chamar a atenção (daí o uso do amarelo do semáforo) da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito.

Buscando a conscientização para redução dos acidentes de trânsito, aconteceu na quarta-feira (25) na sede da empresa, palestra ministrada por Rui Voldinei Pires, engenheiro da Metroplan, que falou aos colaboradores sobre a responsabilidade de cada pessoa no trânsito.

“Se não mudarmos nosso comportamento no trânsito, teremos uma “epidemia” de acidentes com mortes em 2020″, decretou o engenheiro.

O Maio Amarelo quer colocar em pauta o tema da segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos como órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada.

Palestra foi ministrada por engenheiro da Metroplan / Foto: Soul / Divulgação / OA
Palestra foi ministrada por engenheiro da Metroplan / Foto: Soul / Divulgação / OA

Fonte: O Alvoradense