Suspeito de matar policial militar em Tramandaí é preso no bairro Piratini

Jovem é o segundo suspeito de participação no crime a ser localizado em Alvorada

1080

Um dos suspeitos da morte do policial militar Maysson Fagundes da Silva em Tramandaí no reveillon de 2015 foi preso nesse sábado (18) no bairro Piratini. O jovem tem 19 anos, possui antecedentes criminais e já tinha dois mandados de prisão contra ele em aberto.

Maysson foi morto na orla de Tramandaí durante a vira do ano. O crime ocorreu na avenida Beira-Mar. Três dias após o crime um suspeito foi preso, também em Alvorada. Em depoimento ele negou a autoria do crime e disse que teria como comprovar que não estava no local do assassinato naquela noite.

Além desse primeiro preso, também de 19 anos, a polícia suspeitava de outros três envolvidos no crime. Um deles era justamente o jovem preso neste final de semana na Piratini.

Para a polícia, o soldado pode ter sido morto por vingança, já que um dos envolvidos foi preso pelo soldado Maysson em Porto Alegre meses antes da sua morte. Ele ficou preso três dias e foi liberado.

Fonte: O Alvoradense