Em Alvorada volume maior de chuva deve cair durante a tarde | Foto: Jonathas Costa/OA
Em Alvorada volume maior de chuva deve cair durante a tarde | Foto: Jonathas Costa/OA

Desde a madrugada desta segunda-feira (21) temporais atingem diversas regiões do Rio Grande do Sul. Segundo a MetSul Meteorologia, a situação é mais crítica no Noroeste gaúcho.

Em Santa Rosa, as rajadas chegaram a 121 km/h conforme dado da estação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Várias árvores foram derrubadas e houve destelhamentos devido ao vendaval. De acordo com jornal Noroeste, mais de 300 casas estão danificadas na cidade e há registro de prédios comerciais destruídos na cidade. Em Santo Augusto, os ventos atingiram 93 km/h.

Na Fronteira Oeste as rajadas de vento chegaram a 80 km/h. Em São Borja, choveu em três horas 50 milímetros, sendo 35mm somente em uma hora, quando a média do mês é de cerca de 150mm. De acordo com a concessionária AES Sul informou ao jornal Correio do Povo, há 8 mil clientes sem energia elétrica em Alegrete, Santana do Livramento, Santiago e Uruguaiana.

A MetSul Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte e temporais isolados na região Metropolitana de Porto Alegre. Queda de granizo e vendavais ainda devem ocorrer no Norte e Noroeste do Estado. Até o final da semana, mais duas ondas de temporais devem atingir o Rio Grande do Sul, uma na quarta e outra no sábado.

Chuva em Alvorada
Segundo projeções do Inmet, o volume maior de chuva deve cair em Alvorada durante o período da tarde, quando são esperados 27mm de precipitação. As temperaturas devem variar entre 16°C e 24°C ao longo do dia na cidade.

Fonte: O Alvoradense/Com informações do Correio do Povo