Entrega ocorreu na prefeitura nesta semana | Foto: Rafael Cabeleira/Metroplan/OA

A Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan) entregou à prefeitura de Alvorada o termo de referência para a construção do dique do Arroio Feijó nesta semana.

Já estão garantidos junto ao Ministério das Cidades recursos no valor de R$ 228,5 milhões, que fazem parte do PAC da Prevenção, para a construção da obra.

De acordo com o diretor superintendente da Metroplan, Oscar Escher, as primeiras etapas do projeto incluem um levantamento aerofotogramétrico de toda área territorial de Alvorada e a topobatimetria dos canais e cursos de água. Deverão ser realizadas no mínimo 400 seções deste processo em todos os cursos de água da cidade. O levantamento prevê um cadastro de todas as obstruções ao fluxo da água, como pontes e barreiras.

A construção do dique do Arroio Feijó é o primeiro caso de gestão partilhada metropolitana entre Alvorada, Viamão e Porto Alegre.

Durante uma reunião no Salão Nobre da prefeitura nesta quarta-feira (11), Escher comentou o longo processo que deve ser percorrido para que a obra seja entregue. ““Um dique não se constrói do dia para a noite, são necessários muitos estudos e planejamentos para se ter sucesso e conseguir atender a necessidade da comunidade””, avaliou.

Após a elaboração dos estudos de concepção da obra, a próxima etapa é a abertura da licitação.

A área escolhida para receber proteção de inundações por dique compreende a várzea do rio Gravataí e as bacias afluentes pela margem esquerda localizadas no município de Alvorada, incluindo o arroio Feijó e outros arroios que contribuem para o Rio Gravataí e divisas.

Fonte: O Alvoradense