Quem precisou de serviços bancários nesta manhã se deparou com agências fechadas no Centro | Foto: Jonathas Costa/OA
Quem precisou de serviços bancários nesta manhã se deparou com agências fechadas no Centro | Foto: Jonathas Costa/OA

A greve nacional dos bancários atingiu todas as agências de Alvorada na manhã desta terça-feira (24).

Os bancários da cidade se uniram ao movimento que desde a quinta-feira (19) já fechou 636 agências em todo Estado.

Na manhã desta terça quem procurou serviços bancários se deparou com portas fechadas e apenas terminais de auto-atendimento funcionando.

De acordo com a Federação dos Trabalhadores e Trabalhadores das Instituições Financeiras do Rio Grande do Sul, Fetrafi-RS, o Banrisul lidera o ranking das paralisações com 126 agências fechadas no Estado, seguido pela Caixa, com 80.

Mesmo os bancos privados, como Itaú, Santander e HSBC, aderiram ao movimento de greve e fecharam suas portas nesta manhã. Em todo o Rio Grande do Sul, Santander e Itaú possuem 31 e 28 agencias fechadas, respectivamente.

Os bancários querem aumento real, valorização do piso salarial, mais empregos e fim da rotatividade, melhores condições de saúde e trabalho, mais segurança nas agências e igualdade de oportunidades.

Eles aprovaram a greve por tempo indeterminado nas assembleias realizadas em todo o país no dia 12, depois de quatro rodadas duplas de negociação com a Federação Nacional dos Bancários, Fenaban.

Os bancos apresentaram a única proposta no dia 5 de setembro, com reajuste de 6,1% (que apenas repõe a inflação), rejeitada pelos bancários em assembleias.

Fonte: O Alvoradense