Foto: Jonathas Costa / Arquivo / OA

Frente à constante queda do número de usuários do transporte de passageiros da Região Metropolitana de Porto Alegre, ficou decidido em reunião entre a Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (SAAM), Metroplan e operadores responsáveis pelo Sistema de Transporte Metropolitano, que o transporte coletivo metropolitano não terá reajuste em 2020.

Segundo a Metroplan, atualmente o desafio é atrair usuários para o serviço de transporte metropolitano, que circula hoje com uma demanda de 56% no número de passageiros, em relação ao período anterior a Pandemia.

Conforme o superintendente da Metroplan, Rodrigo Schnitzer, “O aumento tarifário pode se apresentar como um fator desestimulante ao retorno dos passageiros, e com isso agravar ainda mais a crise que vive o setor”, comentou. Ficou definido durante a reunião que a medida não terá reflexo em aumento na tarifa, a exemplo das últimas duas postergações.