Vacinação contra a Covid-19 acontece nas UBSs e no Centro de Vacinação

Nesta quarta-feira crianças sem comorbidades passam a fazer parte do calendário da SMS

610
Foto: José Cruz / Agência Brasil / OA

Segue a vacinação de crianças e adultos alvoradenses contra a Covid-19. Nesta quarta-feira (26) inicia oficialmente a imunização de crianças sem comorbidades, começando para aqueles com 11 e 10 anos, sendo que a para crianças com comorbidades é a partir dos cinco anos.

Os adultos a partir dos 18 anos devem fazer a 1ª dose, 2ª dose ou reforço, conforme as datas na Carteira de Vacinação. Informações pelo telefone (51) 3199.9330.

As doses são aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde e no Centro de Vacinação, ao lado do Pam-8, rua Roberto de Souza Feijó, Centro, em horários e dias diferentes para cada grupo, de segunda a sexta-feira.

Fique atento aos horários e turnos de atendimento:

Centro de Vacinação

Crianças das 13h às 19h nas segundas, quartas e sextas-feiras e

Adultos das 8h à 12h na segunda, quarta e sexta-feira e

das 12h às 21h nas terças e quintas-feiras.

UBSs

No período da manhã, das 8h às 12h, as Unidades seguem aplicando o Calendário de Vacinação normal, sendo que a imunização contra a Covid-19 será apenas no turno da tarde, das 13h às 16h30, em dias alternados. Confira:

Crianças nas segundas, quartas e sextas-feiras e

Adultos nas terças e quintas-feiras.

Documentos

É necessário apresentar documento de identidade da criança e responsável, cartão SUS (que pode ser feito na hora), Carteira de Vacinação da criança, se tiver, e, se necessário, comprovação da comorbidades (receita médica ou receita médica).

Comorbidades

As comorbidades para a imunização das crianças de cinco a 11 anos são:

Asma

Autismo

Diabetes melitos

Doença cardiovascular

Doença hematológica

Doença hepática

Doença neurológica

Doença renal crônica

Imunodeficiência

Neoplasia

Obesidade

Pneumopatia

Síndrome de Down

Há necessidade de respeitar o intervalo de 15 dias entre outras vacinas e 30 dias se a criança teve a Covid-19.

Gripe

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) salienta que segue necessária a imunização contra a gripe (pois há um surto da doença) através da vacina H1N1 a partir dos seis meses de idade, também disponível em todas as UBSs.

Ressaltando que a dose que está à disposição nas UBSs agora em janeiro é a mesma já tomada em 2021 e que não é necessário receber esta vacina novamente.