Expectativa é de aumento nas vendas para o Dia dos Pais | Foto: Betina Broch/Divulgação/OA
Expectativa é de aumento nas vendas para o Dia dos Pais | Foto: Betina Broch/Divulgação/OA

O Dia dos Pais que será comemorado no próximo dia 11 deve proporcionar um acréscimo nas vendas do varejo no Rio Grande do Sul que pode ser superior em 10,5% ao realizado no ano passado.

O cálculo leva em conta o índice de inflação que foi de aproximadamente 6,5%, trazendo, portanto, um ganho real de 4%. A estimativa é da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS).

Entre os presentes mais procurados o ramo da informática se destaca na venda de tablets, registrando um aumento na ordem de 6%, bem como o vestuário e o ramo de automóveis.

Segundo a entidade, p apelo do “auto-presente”, quando os próprios pais realizam compras para eles mesmos, normalmente funciona nessa época do ano. “Não é a toa que várias montadoras de veículos estão lançando sua linha de automóveis 2014, gerando assim um aumento sazonal da venda de carros de 8% em agosto diante de julho”, projeta a FCDL-RS.

A taxa nacional de desemprego até julho não havia afetado o Rio grande do Sul, porém pode se apresentar em agosto. Ainda neste mês os ramos que apresentam uma tendência no aumento das vendas são móveis e artigos de decoração com 4% e materiais de construção com 3,8% de projeção de aumento. Os demais segmentos do varejo prometem uma estabilidade nas vendas diante de julho.

Além do Dia dos Pais, o comércio também espera bons números para o mês de agosto em função do retorno às aulas. A estimativa do departamento de pesquisas da FCDL-RS é de aumento de 10% na venda de livros, revistas e artigos de papelaria. Os ramos de informática e material de escritório tem projeção de aumento de 6%.

Fonte: O Alvoradense