Água corre pela rua desde janeiro / Foto: Lucivane Fiorentin / Especial / OA

Moradores da rua Bento Martins, bairro São Pedro, denunciam que há um vazamento de água na altura do número 1077 desde janeiro deste ano, sem solução. Naquela via passa o ônibus L2, além de um grande número de veículos menores, que precisam desviar do buraco que está se formando.

Conforme Ivanir Fiorentin, do Mercado Fiorentin, em fevereiro uma equipe da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) esteve no local, mas como não encontraram o vazamento, foram embora sem consertar. “Chegaram a comentar que, quando o asfalto cedesse, eles voltariam”, conta o comerciante. E foi ele quem identificou o problema, ao saber que o vizinho da casa 909 estava sem pressão na água. “Fui na Corsan há uns 20 dias e fiz novo protocolo, desta vez indicando o problema, mas igual ainda não vieram”, lamenta ele.

O problema de Ivanir, é que se formou uma grande poça de água corrente em frente ao ser mercado, o que prejudica seus negócios. “Trabalho neste endereço há mais de 20 anos, e nunca estivemos tanto tempo sem assistência da Corsan”, comenta.

Comunidade aguarda uma solução para o problema / Foto: Andresa Pinheiro / Divulgação / OA
Comunidade aguarda uma solução para o problema / Foto: Andresa Pinheiro / Divulgação / OA

Corsan
A redação do jornal O Alvoradense entrou em contato com a gerência da Corsan em Alvorada, mas até a última atualização da matéria não obteve retorno quanto às ações a serem tomadas no local.

Fonte: O Alvoradense