Seu Osmar estava vendendo lanches em frente à Farmácia Municipal | Foto: Jonathas Costa / OA

O caso de agressão a um idoso e a um vendedor de lanches em frente à Farmácia Pública Municipal de Alvorada na manhã de ontem gerou grande repercussão na internet ao longo do dia.

Osmar da Conceição Nunes, 46 anos, morador do bairro Santa Bárbara, chegou cedo em frente à farmácia para vender os lanches na quarta-feira (4). Além de tentar conseguir alguma renda, já que está desempregado, ele também estava ali para buscar remédios para o diabetes.

Vídeo: “Não é pela violência que vamos conseguir alguma coisa”

Testemunhas ouvidas pelo jornal O Alvoradense na manhã desta quinta-feira (5) relataram que uma mulher, proprietária de um bar em frente à farmácia, abordou Osmar e o intimidou. Ela não queria que ele vendesse lanches no local. Após ser questionada por outros usuários que também estavam na fila, a mulher voltou para o bar, de onde saiu seu filho.

Pote com lanches ficou quebrado após confusão | Foto: Reprodução / Facebook / OA
Pote com lanches ficou quebrado após confusão | Foto: Reprodução / Facebook / OA

Mais exaltado, o filho partiu em direção a Osmar e pisou em cima do pote de lanches. Neste momento um senhor que aguardava na fila interviu e acabou agredido. Testemunhas relataram que mesmo com a vítima no chão, o agressor pisou em suas costas.

Após o tumulto, a Brigada Militar (BM) foi acionada e ouviu os usuários da farmácia. O idoso agredido, mesmo com dores, permaneceu na fila para retirar a medicação, assim como seu Osmar.

O jornal entrou em contato com o idoso nesta manhã. Ele disse que passa bem, mas prefere não divulgar sua identidade e nem conceder entrevista por precaução. Teme novos atos de intimidação.

O bar de propriedade dos agressores não abriu hoje. Um cartaz em frente ao estabelecimento indica que o local está fechado.

Fonte: O Alvoradense