Video dos alunos homenageia centenário da escritora | Foto: Acervo  / OA
Video dos alunos homenageia centenário da escritora | Foto: Acervo / OA

Um vídeo produzido pelos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal Alice de Carvalho está concorrendo ao premio ‘Curta História’ do Ministério da Educação.

Em sua segunda edição o prêmio tem como tema Personalidades Negras a escolhida pelos alunos do Alice de Carvalho foi Carolina Maria de Jesus, que, quando se mudou para São Paulo, escrevia diários sobre seu cotidiano em restos de cadernos e revistas que encontrava enquanto catava o lixo de onde tirava seu sustento.

Seus diários foram descobertos em 1958 pelo jornalista Audálio Dantas e foram publicados em 1960. Segundo dados históricos, Dantas viu Carolina de pé, próximo de onde acontecia uma briga de gangues gritando, “Saiam ou eu vou colocar vocês no meu livro!” Os intrusos partiram.

Dantas perguntou o que ela queria dizer com aquilo. Ela se mostrou tímida no início, mas levou-o até o seu barraco e mostrou-lhe todos os poemas. Ele pediu uma amostra pequena e correu para o jornal. A história de Carolina ganhou destaque e, em 1960, “Quarto de despejo”, foi publicado.

No vídeo os alunos da escola declamam trechos da obra da escritora que comemora seu centenário neste ano. O concurso está na fase da avaliação popular.  Na página do concurso é possível assistir todos os concorrentes e computar o voto. A avaliação popular do concurso encerra no domingo (11).

Fonte: O Alvoradense