Um dos bandidos pulou o muro da Smov e aguardou vigia dentro da mecânica | Foto: Jonathas Costa / OA
Um dos bandidos pulou o muro da Smov e aguardou vigia dentro da mecânica | Foto: Jonathas Costa / OA

O vigia que ficou refém de seis criminosos por uma hora e meia durante a madrugada desta quarta-feira, quando o prédio da Smov foi invadido, já havia passado pela mesma situação no passado.

Segundo seu colega, durante um assalto ao mesmo prédio, localizado na rua Mariz e Barros, no bairro Americana, Zona Norte da cidade, o homem foi amarrado durante a ação dos bandidos, que fugiram sem libertá-lo.

Desta vez o vigia ficou sob a mira de um revólver. Ao colega, a vítima contou que pode perceber que um dos criminosos estava sob efeito de drogas e álcool.

De acordo com o relato do vigia, um dos bandidos pulou o muro da secretaria e ficou escondido na mecânica localizada dentro do pátio da Smov. Durante a ronda a vítima foi abordada e forçada a abrir o portão para a entrada dos comparsas.

Como não conseguiram arrombar o caixa eletrônico, o grupo resolver levar o carro da vítima. Os aparatos de segurança do veículo, no entanto, fizeram os criminosos optar pelo carro da prefeitura, que não tinha inscrição do órgão.

Segundo a Coordenadoria de Comunicação Social, o veículo levado, um Gol branco, era utilizado pelo próprio prefeito Professor Serginho.

Fonte: O Alvoradense