Vinte e oito pessoas já foram presas pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira | Foto: Polícia Civil / Divulgação / OA

A Polícia Civil deflagrou na madrugada desta quinta-feira a operação Bad Boy da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos. Vinte e oito pessoas foram presas envolvidas nos crimes, que incluem clonagem e receptação.

Coordenados pelos delegados Juliano Ferreira e Arthur Raldi, cerca de 300 policiai civis já cumpriram 40 mandados de prisão temporária e 53 mandados de busca e apreensão em 12 cidades da Região Metropolitana (RM), incluindo Alvorada.

O objetivo é desmantelar uma quadrilha que agia na região e que era comandada por um detendo do Presídio Estadual do Jacuí. Além das 28 prisões de integrantes da quadrilha, foram apreendidos duas armas – um revólver calibre .38 e uma espingarda calibre 12, 5 kg de maconha, computadores utilizados na falsificação de documentos, carimbos, dinheiro, documentos falsificados e objetos oriundos de furtos e roubos de veículos. Cinco veículos furtados também foram recuperados.

Durante a investigação, que teve início em julho de 2012, foram identificados 65 integrantes da organização criminosa. Segundo a polícia, os veículos eram furtados ou roubados por encomenda e tinham destino certo. Alguns serviam para o desmanche, outros eram clonados ou enviados para o interior do Estado e para Santa Catarina. Nos últimos meses a investigação apurou que esta quadrilha estaria envolvida no furto ou roubo de mais de 100 veículos.

Segundo o delegado Ferreira, alguns integrantes da quadrilha repassavam os veículos por R$ 1 mil a R$ 1,5 mil para outra parte da organização criminosa que desmanchava ou clonava os carros.

Cerca de 300 policiai civis do DEIC, DECA, DHPP, DPM e DENARC cumpriram 40 mandados de prisão temporária e 53 mandados de busca e apreensão em 12 cidades | Foto: Polícia Civil / Divulgação / OA

Fonte: O Alvoradense