Debate reuniu cerca de 150 pessoas na Câmara de Vereadores | Foto: Divulgação / CCS / OA
Debate reuniu cerca de 150 pessoas na Câmara de Vereadores | Foto: Divulgação / CCS / OA

As políticas públicas de proteção às mulheres e a articulação da Rede Lilás foi debatida em Audiência Pública. Cerca de 200 pessoas estiveram na Câmara de Vereadores para tratar do tema. Programas destinados às mulheres foram o foco de conversa no encontro.

O debate é recente. Iniciou em 2006, com a criação a Lei Maria da Penha. Desde então o assunto tem crescido nos principais pontos de discussão da sociedade brasileira. Alvorada conta ainda com uma Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) e com a Patrulha Maria da Penha, que pode ser acionada pelo número 190.

• ASSINE: Receba a edição impressa do jornal O Alvoradense em casa

A audiência também serviu para divulgar a 4ª Conferência Municipal de Política Para Mulheres, que acontece dia 14 de setembro, das 13h às 17h, na Câmara. A expectativa é de que o público fique em torno de 150 pessoas.

A Audiência Pública contou com especialistas no tema de proteção às mulheres, assim como parlamentares e demais secretárias. O espaço teve o intuito de avançar o debate na cidade.

Fonte: O Alvoradense