Confirmação da gravidez ocorreu momentos antes da jovem perder a vida | Foto: Arquivo Pessoal / OA
Confirmação da gravidez ocorreu momentos antes da jovem perder a vida | Foto: Arquivo Pessoal / OA

A família e amigos da jovem que morreu na noite de segunda-feira (10) vítima de um racha na rua dos Colibris, bairro Porto Verde, parecem ainda não acreditar que Gilséia Rathke, de 26 anos, perdeu a vida. 

Em entrevista concedida ao O Alvoradense, a irmã da Gilséia, Gabriela Miotto, afirmou, ainda bastante emocionada, que a jovem não sabia da gravidez.

A família ficou sabendo no hospital, momentos antes de ser confirmada a sua morte, que ela estava grávida do primeiro filho.“Se ela já desconfiava da gravidez ainda não tinha contato nada para ninguém”, completou Gabriela.

No começo da manhã desta terça-feira a Polícia chegou a divulgar que Gilséia estaria grávida de seis meses. O equívoco foi corrigido pela família. 

Gilséia voltava para casa quando aconteceu o acidente. Segundo a irmã, ela sempre trafegava com cuidado e jamais tinha se envolvido em uma ocorrência de trânsito. Ela trabalhava como vendedora na loja Lebes da parada 46, no Centro.

O velório está marcado para começar às 16h no Cemitério Parque São Jerônimo, rua Ari Barroso, 154, bairro Formosa. O enterro acontece amanhã (12) às 10h.

Fonte: O Alvoradense