Acordo entre bancadas garantiu esvaziamento da sessão | Foto: Marcos Eifler / Agência ALRS / OA

Em meio a uma semana de tensões entre o governo do Estado e os professores, o deputados decidiram esvaziar a sessão plenária desta terça-feira. A atitude foi sugerida pelo líder do governo, deputado Valdeci Oliveira (PT), que pediu às lideranças de bancadas que acordassem em não dar quórum, atendendo assim a solicitação o Cpers.

O sindicato que representa os professores quer a retirada do projeto que reajusta os vencimentos do magistério estadual. A intenção é que os projetos que tratam sobre este tema sejam discutidos durante a semana. O governo deve decidir sobre a questão em reunião na sexta-feira, dia 16.

Vinte mil alunos ficam sem aulas amanhã em Alvorada

O Cpers suspenderá as atividades nesta quarta-feira devido a Paralisação Nacional do Magistério, que se estenderá até a sexta, dia 16. Em Alvorada os professores de onze das doze escolas estaduais do município irão interromper as aulas, o que pode atingir quase 20 mil alunos. Na maioria das instituições a paralisação será quase total. A única escola a garantir as atividades é a Érico Veríssimo.