Acusado de estupro seguido de roubo é preso pela Guarda Civil

Vítima afirma que foi dopada pelo homem durante uma festa

218
Foto: GCM / Reprodução / OA

Por volta das 10h30 de sábado (08) uma guarnição do grupamento ROMU da Guarda Civil Municipal foi abordada por uma mulher que afirmava ter sido vítima de violência sexual e roubo.

Segundo o relato, a vítima de 32 anos, foi dopada, violentada e teve seus pertences roubados pelo acusado, seu celular, dinheiro e cartão de banco.

Os dois se conheceram em uma festa na noite de sexta-feira (07) e a mulher passou a consumir as bebidas oferecidas pelo acusado, que estaria vendendo drogas no local.

Na manhã seguinte, sem lembrar do que havia acontecido, ela acordou ao lado do homem, sem roupas. Ao questionar sobre suas coisas, quando o homem atirou em sua direção, sem acertá-la. Em seguida a vítima correu por três quadras até encontrar a guarnição.

Os GMs foram conduzidos ao local do crime onde já encontraram o suspeito contido por populares, que o agrediram. Durante a abordagem foi localizado o celular da vítima, contudo não encontraram a arma. O homem foi detido, ainda que tenha resistido.Os envolvidos foram inicialmente encaminhados ao Hospital de Alvorada e, em seguida, à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Alvorada para a lavratura do auto de prisão em flagrante do suspeito.

O caso agora está sendo investigado pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), que tem como titular a delegada Samieh Saleh.