Foto: Arquivo Pessoal / OA

Nem todos os esportes foram suspensos em tempos de pandemia. Os fãs de videogame seguem jogando e os campeonatos acontecem com grandes disputas entre grandes atletas e um público fiel.  

No último domingo (14), aconteceu a final da primeira Copa do Brasil de Futebol Digital, entre a Seleção Gaúcha e Paulista, com vitória do Rio Grande do Sul. Entre o elenco vencedor, o alvoradense Bruno Monroe, conhecido no meio dos E-sports como “Tarta”.

A modalidade é a 11×11, onde cada jogador controla um único atleta, e o jogo é “pro evolution soccer”. A seleção gaúcha representou a Federação Gaúcha de Futebol Digital e Virtual / FGFDV, que tem Igor Rafael de Mello com presidente, na competição organizada pela Confederação Brasileira da modalidade / CBFDV, cujo presidente é Júnior Kid.

Todas as partidas foram transmitidas pelo canal CBFDV TV, no YouTube , sendo que a fase inicial, de grupos, contou com cinco jogos; fase de mata-mata com oito jogos, dois por cada fase nas Oitavas, Quartas, Semi e a grande Final.

Bruno ressalta que o adversário da final, a Seleção Paulista, “era considerada a favorita desde o início da competição e que chegou na final invicta”. O que valorizou, ainda mais, a conquista dos gaúchos.

A base da Seleção Gaúcha que disputou a final contou com sete jogadores da equipe Inativos eSports, que tem como sócios fundadores Bruno Monroe e Anderson Wenig. O próximo desafio acontece a partir de 18 de julho, no Campeonato Brasileiro de Clubes, com premiação de até R$ 80 mil.

Confirma os jogadores que estiveram na grande final: Kalil Campos Pereira e William Storqui, Gustavo Fagundes, Anderson Wenig e Maike García; Bruno Monroe, Henry Cahoan e Renan Santana; Maurício Grassi, Gabriel Fraga e Pedro Zogbi.

Ainda participaram da Seleção Gaúcha Alexandre Sombra, Andrio Soares, Cassius Antunes, Edisson Negrys, Gabriel Borba, Jeferson Pesty, Juliano Ghidini, Leonardo Vieira, Marcelo Miguel e Matheus Puhl.