Alvoradense Lucas Rangel é um dos atletas brasileiros que estava na Ucrânia

Jogador de futebol conseguiu sair do país em guerra após uma semana de conflito armado

303
Foto: Reprodução / OA

Centroavante do FC Vorskla Poltava, time de futebol ucraniano, o alvoradense Lucas Rangel Nunes Gonçalves, 27 anos, está chegando ao Brasil após 30 horas de viagem de carro até sair da Ucrânia pela fronteira com a Polônia, depois passando por diversos países até Portugal, de onde finalmente pegou um voo para casa.

Por uma semana ele esteve em meio ao conflito armado provocado pela invasão daquele país pelo vizinho, Rússia, no Leste Europeu. Rangel relata que entrou em contato com a Embaixada do Brasil, que orientou que todos ficassem em casa e aguardassem orientações que seriam passadas por um aplicativo de mensagem. Contudo, com a aproximação do exército russo, o atleta resolveu “dar fuga por conta própria”.

Rangel é natural de Alvorada e, nos últimos cinco anos, atuou em clubes da Albânia, Finlândia e Turquia, até chegar há cerca de seis meses, em um clube da região de Kharkiv, a segunda maior cidade da Ucrânia, que foi atacada na terça-feira (01). Seu último clube no Brasil foi o Londrina Esporte Clube.

Quando decidiu ir embora, Lucas entrou em contato com amigos próximos e estrangeiros, iniciando a fuga para Lviv, usando uma rota alternativa, evitando passar pela capital Kiev. E o percurso que seria de 13 horas se transformou em 30, que foi seguido de cinco horas a pé até a fronteira com a Polônia.