Foto: Safergs / Divulgação / OA

Entre os seis árbitros gaúchos que participam do curso VAR 2021, está o alvoradense Anderson Farias, morador de Porto Verde, é servidor municipal, atualmente lotado no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica).

O curso, que iniciou na quarta-feira (26), é resultado de uma parceria entre a CBF, Fifa e Conmebol. Cumprindo aos protocolos do novo coronavírus, a CBF exigiu a apresentação do teste RT-PCR aos participantes. Por outro lado, a metodologia adotada no curso foi aprovada pela Fifa e aperfeiçoada durante o período de pandemia.

Além de Anderson Farias, também os gaúchos Lucas Horn e Roger Goulart participam do curso para função de VAR e, como AVAR (assistente do árbitro de vídeo), Tiago Kappes Diel, Fabrício Baséggio e Luiza Reis.

Em entrevista ao jornal O Alvoradense, Anderson salientou a importância de ser selecionado para um curso que já almejava há algumas temporadas e comemorou a oportunidade de ter acesso ao conhecimento desta nova tecnologia, “que chegou aos gramados do mundo inteiro e veio para ficar”.

Profissional

A partir de agora Anderson estará a disposição da CBF para atuar como árbitro de vídeo nos campeonatos da série A, em um cenário nacional. “A felicidade é imensa em poder crescer na carreira, buscando oportunidades de aperfeiçoamento, capacitado para atuar em jogos de expressão”, destaca o alvoradense.

- PUBLICIDADE -