Anvisa encontrou pelo de roedor em lote de quatro marcas de extratos de tomate e uma marca de molho de tomate | Foto: Reprodução / Makro / Cargill / Predilecta

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda e distribuição em todo o país de quatro lotes de extrato de tomate das marcas Amorita, Aro, Elefante e Predilecta e de um lote de molho de tomate tradicional da marca Pomarola após um laudo detectar pelo de roedor acima do limite máximo de tolerância pela legislação vigente.

A decisão foi publicada no “Diário Oficial da União” desta quinta-feira (28). As fabricantes terão que recolher os produtos do mercado.

Resolução Marca Fabricante Lote Validade
nº 1.995 Amorita Stella D’Oro L 076 M2P 42826
nº 1.996 Predilecta Predilecta Alimentos 213 23IE 03/2017
nº 1.996 Aro Predilecta Alimentos lote 002 M2P 05/2017
nº 1.997 Pomarola Cargill Agrícola lote 030903 42978
nº 1.997 Elefante Cargill Agrícola lote 032502 42965

 

O limite máximo é um fragmento de pelo para cada 100 gramas de molhos, purês e extratos de tomate. Acima disso, a Anvisa considera prejudicial à saúde. As empresas costumam alegar que a presença de pelo de roedor se deve à matéria-prima, que vem do campo. São considerados roedores ratos, ratazanas e camundongos.

Fonte: O Alvoradense